Viagens de negócios: 6 dúvidas de etiqueta mais comuns

4 minutos para ler

Viagens de negócios são momentos de grande importância para qualquer profissional. São nelas que você tem a chance de fechar parcerias internacionais de sucesso, aumentar o networking, planejar futuras transações e até evitar crises com algum stakeholder.

No entanto, para que não haja nenhum constrangimento, é importante prestar atenção nas regras de etiqueta. Neste post, esclareço as 6 dúvidas mais comuns quando o assunto é comportamento durante as viagens de negócios. Confira!

1. Devo levar presentes ao anfitrião?

Levar uma pequena lembrança ao seu anfitrião pode não ser algo obrigatório, mas é uma gentileza que será sempre lembrada. Além de demonstrar respeito, pode ser uma forma de estabelecer novos laços profissionais.

Lembre-se de que o presente deve ser pequeno, assim, fica evidente a intenção de gentileza e não de interesse. Caso o anfitrião seja de outro país, é essencial que você estude a sua cultura para que a lembrança não acabe se tornando uma gafe.

2. Leio ou não o cartão de visitas?

O cartão de visitas é a apresentação de um profissional a outro, e foi feito com a intenção de estabelecer contato futuro e duradouro.

Isso demonstra que quem entregou enxerga você como uma pessoa interessante para manter uma relação profissional. Portanto, trate-o com respeito. Leia o cartão em frente a quem o entregou ― além de ser um gesto educado, ajudará a memorizar o nome e o cargo da pessoa.

3. Qual tom usar em apresentações?

Independentemente da nacionalidade dos profissionais que estarão presentes na reunião, suas apresentações devem ser feitas com seriedade e formalidade. Para isso, tenha todas as informações na ponta da língua, priorize a clareza e o tom de voz adequado. Por fim, procure saber os nomes dos participantes.

Se você for apenas assistir, não interrompa quem estiver apresentando nem tente roubar a atenção para si. Deixe o celular no silencioso e não mexa nele até que a apresentação acabe. Dar atenção para o que está sendo dito é uma demonstração de respeito e consideração com quem está falando.

4. Atrasos são perdoáveis?

Um atraso pode ser perdoável, principalmente se você estiver em uma cidade com um trânsito caótico. No entanto, deve ser evitado até o último momento. Pontualidade nunca se tornará um defeito e, mesmo que a reunião atrase, você pode esperar resolvendo outras pendências por e-mail.

Caso aconteça um imprevisto, avise aos responsáveis por mensagem. Chegar no horário combinado demonstra sua credibilidade e respeito pelos outros profissionais.

5. Até que ponto devo ser sociável?

Em viagens de negócios, é bem comum que, além de almoços e jantares, você seja convidado para ir a festas e bares. Portanto, aproveite esses momentos para aumentar sua rede de contatos e fortalecer laços com as pessoas que já conhece. Embora esses momentos sejam mais descontraídos, podem ser ótimas oportunidades para sua vida profissional.

Se estiver em outro país, faça uma pesquisa antes sobre as regras de etiqueta mais importantes da localidade e observe o comportamento do seu anfitrião.

6. Quais roupas devo levar em viagens de negócios?

Sempre priorize peças sociais, acessórios discretos, sapatos elegantes e cabelos bem-arrumados. Sua imagem acaba servindo como reflexo do seu comportamento como profissional. Portanto, tome cuidado!

No entanto, é bem provável que você seja convidado para reuniões mais informais. Leve peças o suficiente para os dias de reunião e mais dois ou três looks casuais para os outros momentos com os colegas de trabalho.

Viagens de negócios são excelentes oportunidades para criar mais parcerias e aumentar o networking. Desse modo, sempre tenha atenção aos detalhes, respeito pelos outros participantes e carinho com sua autoimagem. Assim, você consegue estabelecer contatos muito mais duradouros e ser lembrado como um profissional de credibilidade.

E aí, gostou do post? Agora que você tirou suas dúvidas sobre etiqueta nas viagens de negócios, aproveite para entender também como imagem e comportamento profissional se relacionam! Até a próxima!

Rachel Jordan é uma referência no mercado brasileiro de Consultoria de Imagem e Comportamento. Ministra cursos, oficinas e workshops por todo Brasil e online. É colunista da Claudia online, colaboradora de sites de comportamento e estilo.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This