Roupas de trabalho para o inverno: aprenda a se vestir!

A hora de escolher nossas roupas de trabalho também deve ser o momento de testarmos a versatilidade do nosso guarda-roupa e de estarmos preparadas para impactar positivamente os outros por meio do que vestimos. Porém, o clima do inverno pode ser mais instável do que pensamos e, por isso, devemos estar sempre um passo a frente. Mas você sabe como se vestir no inverno?

Afinal, o seu vestuário diz muito sobre você e a maneira como as pessoas ao seu redor lhe percebem. Sendo assim, separamos algumas dicas essenciais para você lidar com diferentes temperaturas sem perder o estilo e fugir do dress code empresarial. Confira!

1. Lenço, uma peça providencial

Os lenços são peças extremamente versáteis, se adequando a diferentes visuais. Além disso, podem ser adaptados para o calor e também ao frio, o que o torna facilmente a peça-chave da sua produção. Você pode usar, por exemplo, essa peça no pescoço quando o clima estiver mais frio e na alça da bolsa, na cintura ou como turbante no cabelo quando as temperaturas estiverem mais altas.

Contudo, na hora de escolher o modelo ideal, fique atenta à proporção do tecido, à sua estatura e ao tamanho do seu pescoço. Esses detalhes são essenciais para que você não erre na harmonização, pois peças muito volumosas não são indicadas para mulheres baixas e com o pescoço mais largo.

2. Jeans, versátil para todas as roupas de trabalho

A calça jeans é um item presente no guarda-roupa de todas as mulheres, porém muitas não conseguem expandir o seu uso para além do casual e não conseguem adaptá-la a uma combinação mais elegante.

No entanto, existe uma dica simples e bastante eficaz para você aplicar no seu dia a dia e transformar esse item em parte do dress code ideal para o ambiente profissional.

Nos dias em que o clima estiver ameno ou haja aquela mudança mais brusca ao entardecer, invista em calças com camisas de manga longa, blusão vazado ou cardigan. Você também pode optar por coletes de alfaiataria mais alongados ou blazer social. Como você pode perceber, o jeans é uma peça extremamente flexível e depende de você usar isso ao seu favor.

3. Pantacourt, a tendência do momento

A peça que deixa os tornozelos à mostra está cada vez mais em alta por ser perfeita para deixar o visual mais formal e se adequar a climas quentes e amenos. Afinal, com seu comprimento midi e maior largura, ela fornece um conforto maior, o que influencia diretamente em uma maior circulação interna de ar dentro da roupa, tornando-a mais arejada.

Combinações black & white e entre peças com e sem estampas são os carros-chefes dessa produção. A pantacourt também harmoniza muito bem com blusas de corte reto, jaquetas jeans e sapato de salto alto (tanto grosso quanto fino).

4. Meia-calça grossa para esquentar

Escolher a meia-calça no inverno pode ser um desafio, visto que nem todas esquentam da mesma maneira. Além disso, utilizar duas talvez seja um equívoco, tendo em vista que os tecidos diferenciados proporcionam sensações térmicas também diferentes. 

A dica essencial para esse tipo de peça de roupa é que você não se deixe enganar pela aparência. O correto é que você verifique o material, pois que duas meias-calças tenham a mesma grossura, a maneira com que elas esquentam pode não ser a mesma.

A melhor escolha são as meias de acrílico. Esse tipo de tecido tem um toque parecido com o da lã, então prefira usar esse material com roupas mais lisas, como o couro. O mais legal desse material é que, apesar de esquentar, não proporciona muito volume. Por essa razão, você pode usá-lo com roupas grossas na parte de cima e mantendo a elegância, sem precisar usar calças na parte de baixo. 

5. Blazzers, sofisticação e estilo

Quem trabalha fora e às vezes sofre com as baixas temperaturas do inverno pode optar pelos blazzers. Esse é o tipo de roupa que mantém aquecido sem perder a sofisticação e que pode ser usado até mesmo em situações mais formais. 

Hoje, existem modelos com ombreiras, o que deixa a peça com um aspecto ainda mais moderno. Alguns modelos terminam na altura dos quadris, sendo ideais para usar junto com calças skinny. E para ficar ainda mais elegante, que tal arregaçar um pouco as mangas e fazer uma bonita e colorida combinação de pulseiras?

6. Parcas, para quem deseja mais praticidade

Você sabe que tipo de modelo de roupa é esse? São casacos característicos por possuírem zíperes, barras, elásticos e bolsos. A presença desses itens deixa tudo bem mais prático, né? Mas também é preciso de atenção redobrada para utilizá-las.

Isso porque elas são bastante volumosas e necessitam de uma combinação especial para que você fique bem no dia a dia do trabalho. Uma boa dica é que você combine com leggings e tênis, para que não fique exagerado e você mantenha o tom mais informal. Caso a situação exija um pouco mais de formalidade, você pode optar por utilizá-la aberta combinando com um vestido. Assim, se manterá aquecida sem perder o tom profissional. 

7. Ponchos, versatilidade para momentos distintos

Essa peça de roupa é fundamental para quem não quer ser surpreendido por uma reunião importante de última hora. Caso você esteja com uma roupa mais básica, as peças mais coloridas fazem com que seu estilo fique elegante para qualquer situação.

É necessário que tenha cuidado apenas para não ficar muito volumoso. O ideal é que use uma blusa mais sequinha por baixo ou roupas finas de manga mais comprida. 

8. Sapatos sociais, as melhores opções para o ambiente de trabalho

Como última dica, não poderíamos deixar de falar sobre a escolha certa para os nossos pés, afinal, eles tem um papel importante no nosso visual e no nosso bem-estar físico. Um modelo impróprio de sapato pode ser muito mais prejudicial do que se imagina.

Por isso, lembre-se que para manter uma produção profissional é essencial avaliar o melhor calçado em termos de conforto e proteção para você. Invista em scarpins, chanel, peep toe e sapatilhas. Dê preferência aos modelos com bicos que acompanham o formato do seu pé, visto que são mais confortáveis e possuem um apelo estético mais agradável.

Evite plataformas, sandálias e tamancos, pois são impróprios para o ambiente corporativo. Além disso, em dias de chuva eles podem oferecer riscos à sua integridade física, já que ficam escorregadios e você pode se machucar ao andar na rua.

Outra observação importante é deixar de lado modelos de tecido e de camurça, que quando molhados ficam úmidos e podem ser bastante desconfortáveis em um dia de trabalho chuvoso e com baixas temperaturas.

Adotando essas sugestões na sua rotina, você deixará suas roupas de trabalho com um aspecto mais harmônico e preparado para as mudanças climáticas.

E aí, gostou do conteúdo? Agora que você já sabe dicas essenciais de como se vestir no inverno com toda sofisticação e elegância, acompanhe a nossa página no Facebook e fique por dentro de novidades para se vestir em todas as ocasiões do seu dia a dia!

 

Rachel Jordan é especializada em Imagem, Comportamento e Protocolos Internacionais. Instrutora e palestrante, executa um trabalho estratégico e personalizado para empresas e pessoas que desejem melhorar sua imagem pessoal e profissional com o objetivo de se reposicionar na carreira ou se colocar de forma mais adequada nas diferentes situações do cotidiano.

Comments (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This