Quais as diferenças entre imagem e reputação profissional?

Quais as diferenças entre imagem e reputação profissional?

 

Para ter sucesso na carreira, não basta apenas se qualificar e conquistar uma boa posição. É preciso construir um caminho adequado até os seus objetivos. Nesse processo, não posso deixar de indicar a importância de conceitos como imagem profissional e reputação.

Embora sejam usadas, frequentemente, como sinônimos, elas são bem distintas. Quando você conhece as divergências e, principalmente, sabe como aproveitá-las, é mais fácil chegar a bons resultados.

Mas, afinal, o que elas têm de diferente? A seguir, veja quais são as distinções entre imagem profissional e reputação!

Afinal, o que é a imagem profissional e qual a sua importância?

Vamos começar a entender cada um desses conceitos. A imagem de um profissional tem a ver com a percepção que as pessoas têm dele. A forma como ele se apresenta e se comporta, portanto, tem grande impacto na “mensagem” que transmite.

O apelo não é só estético. Posso afirmar que a sua postura e a maneira de se comunicar influenciam o resultado. Até a linguagem corporal causa alterações no jeito como os outros o enxergam.

Pense em um ambiente de trabalho sóbrio. Se um colaborador surgir com roupas casuais e falando gírias, provavelmente criará uma imagem profissional de alguém inadequado e que não transmite os valores corretos.

O oposto também é verdadeiro. Em uma startup descolada, aparecer de terno e gravata pode dar a ideia que se trata de alguém que não pertence ao lugar.

Por estar relacionada à percepção, a imagem é individual. Talvez alguém ache que a sua é adequada, enquanto outra pessoa tem algumas críticas a fazer. Principalmente, é um processo rápido e dinâmico, que tem a ver com a sua atuação e apresentação em determinado momento.

Por causa disso, é possível transformar a imagem profissional ao longo do tempo e de acordo com as necessidades. Quem passa a ocupar cargos de liderança, por exemplo, precisa adaptar o que projeta para clientes, parceiros e liderados.

Posso afirmar que uma boa imagem profissional ajuda a trazer mais oportunidades, melhora a segurança de carreira e favorece o seu trânsito em diversas situações. Trata-se do seu “cartão de visitas” e permite que você atinja os objetivos com facilidade.

Qual é o papel da reputação?

A reputação, por outro lado, tem características especiais. Ela está relacionada à sua forma de atuação e não depende somente da imagem. Ela reflete, de certo modo, o seu “caráter profissional” e indica como você age para concluir tarefas e entregar resultados.

Pense, por exemplo, em um gestor que se veste bem, fala corretamente e tem a postura ideal. No entanto, ele não tem um comportamento humanizado, é pouco ético e nunca assume as próprias responsabilidades. Ao falar em imagem e reputação profissional, a primeira é positiva, mas a segunda, não.

Enquanto a imagem é responsável por apresentar, a reputação é o que ajuda a convencer e o que permite se aprofundar na atuação de alguém. Vou usar uma analogia: pense que o colaborador é um livro. Nesse caso, a capa é a imagem e o conteúdo é a reputação.

Por causa dessas características, ela é mais complicada de construir — e, também, de mudar. É preciso ter muito cuidado com a elaboração, justamente porque será difícil alterar a ideia sobre a sua atividade no futuro.

Com uma boa reputação, por outro lado, é possível conquistar uma carreira sólida, obter prolongamento na profissão e se diferenciar no mercado.

Como construir a sua imagem profissional?

Depois de entender as distinções entre imagem e reputação profissional, é a hora de construir cada uma do jeito certo. A percepção sobre a atuação é mais fácil e rápida de ser elaborada, então vale a pena começar por ela.

Embora seja simples, é natural ter dúvidas sobre o tema. Então, a seguir, mostro alguns passos que merecem atenção. Confira!

Cuide da sua aparência

Já que a apresentação conta muitos pontos, é essencial ter uma aparência bem cuidada e que reflita a sua atuação profissional. É importante, por exemplo, manter-se com um aspecto saudável e cuidar de todos os elementos que ajudam a transparecer a ideia de alguém de sucesso.

Homens devem ter atenção especial com a barba, para que ela não pareça desleixada ou descuidada. As mulheres, por sua vez, têm que evitar o uso exagerado de maquiagem. Em ambos os casos, recomendo cuidar do cabelo e que ele tenha um bom corte. As unhas devem ser mantidas limpas e o perfume precisa ser usado na medida certa.

Use as roupas adequadas ao ambiente

A apresentação também está ligada às roupas utilizadas no espaço de trabalho. A minha dica é ficar atento ao dress code e segui-lo de maneira completa. Com as peças certas, você não deixará dúvidas sobre a sua atuação.

Imagine um ambiente formal. Usar roupas sociais e com cores sóbrias é o ideal. Em espaços menos formais, por outro lado, vale apostar nas peças casuais — mas sem exagerar. Tome cuidado com o comprimento, os recortes, a transparências, os decotes e elementos do tipo.

É essencial que as peças tenham bom acabamento, qualidade adequada e que, mesmo que sejam casuais, demonstrem uma atuação diferenciada.

Trabalhe a comunicação

Saber se portar é indispensável, então a comunicação é uma das peças ao pensar em imagem e reputação profissional. Cuide, por exemplo, do seu tom de voz e até das palavras escolhidas. A mensagem deve ser clara, o que significa não abusar de jargões ou termos técnicos. Ao mesmo tempo, é importante não utilizar gírias, palavras de baixo calão e assim por diante.

Não se esqueça de trabalhar a gentileza e a forma como você se dirige às pessoas. Tratar cada indivíduo corretamente e com a abordagem adequada faz com que a sua atuação seja mais bem-vista.

Mantenha a postura ideal

Como disse, a linguagem corporal também é essencial, já que ela é uma forma de comunicação não verbal. Para obter os melhores resultados nesse sentido, é indispensável ficar atento aos seus gestos e, principalmente, à sua postura.

Deixe os ombros alinhados e projetados, em uma postura ereta e imponente. Tome cuidado para se manter sempre receptivo, com braços descruzados e um sorriso no rosto. Isso comunica a mensagem certa e favorece a percepção individual sobre a sua atuação.

Como cuidar da reputação?

Como visto, uma das diferenças entre imagem e reputação profissional é a “duração” do que é transmitido. Já que a reputação é prolongada e mais difícil de ser transformada, é essencial construí-la da forma adequada. Somente desse jeito você terá o que é necessário para obter os resultados de desenvolvimento na carreira.

Parece complicado? Mas não é! Na sequência, mostro algumas dicas para reforçar esse aspecto. Confira!

Tenha uma atuação ética

A confiança é uma das bases para quem busca ter uma reputação bem interessante. Se as pessoas sentirem que podem confiar na sua atuação profissional, a mensagem transmitida será adequada.

Para chegar a esse resultado, recomendo trabalhar com muita ética. Evite falar mal de colegas ou se envolver em conflitos e problemas. Siga todas as regras e mantenha-se atento à cultura da empresa. Ao criar uma boa impressão, você será visto como alguém de mais qualidade.

Trabalhe mentalidade e atitudes

A maneira como ocorre o seu posicionamento no mercado também tem tudo a ver com imagem e reputação profissional. Para explorar a segunda do jeito certo, cuide da sua forma de pensar e de agir.

Uma dica é ter uma abordagem proativa, eficiente e que procure entregar os melhores resultados. Ser a pessoa que é capaz de ir além do que é esperado é essencial para consolidar uma boa reputação.

Ainda é importante se preocupar em executar tudo com qualidade e em buscar cada vez mais capacitação. Ao se mostrar alguém com o mindset correto e com atitudes de sucesso, fica fácil reforçar a mensagem transmitida.

Cumpra os compromissos assumidos

Já que a confiança é um aspecto tão relevante para a reputação profissional, você deve se preocupar em atender ao que as pessoas esperam da sua atuação. Uma das formas de colocar isso em prática é cumprir todos os compromissos que tiverem sido assumidos.

Se tiver se comprometido a entregar um relatório ou a finalizar um projeto, respeite os prazos e as especificações do que foi pedido. É essencial não “deixar ninguém na mão” para que não transpareça a ideia de irresponsabilidade. Caso você não honre seus compromissos, será difícil mudar a visão negativa.

Aposte na consistência

Já que, entre imagem e reputação profissional, a segunda é duradoura, ela também precisa de mais tempo para ser construída. A credibilidade dada a um colaborador é consolidada com uma atuação contínua, então é crucial investir na consistência.

Em vez de esperar resultados imediatos, trabalhe para construir esse aspecto. Dessa maneira, é possível atingir um desempenho melhor e obter a diferenciação necessária para chegar ao sucesso.

Imagem profissional e reputação não são a mesma coisa e devem ser exploradas de formas distintas. Com as minhas dicas para construir cada uma, você poderá alcançar seus objetivos pessoais e de carreira.

Para fazer as alterações rumo a resultados cada vez maiores, saiba como avaliar e melhorar a percepção que você transmite.

Rachel Jordan é especializada em Imagem, Comportamento e Protocolos Internacionais. Instrutora e palestrante, executa um trabalho estratégico e personalizado para empresas e pessoas que desejem melhorar sua imagem pessoal e profissional com o objetivo de se reposicionar na carreira ou se colocar de forma mais adequada nas diferentes situações do cotidiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This