Presentes corporativos: até onde podem ser entendidos como interesse?

Em minhas consultorias, sempre ressalto a importância de contar com estratégias que engajam mais os colaboradores com as metas preestabelecidas pela sua organização. Nesse sentido, os presentes corporativos atuam como um importante aliado, não apenas para os profissionais de seu negócio, como também para os seus clientes. 

No entanto, a escolha precisa ser objetiva e pensada especialmente para o perfil de quem vai recebê-los. Afinal, não basta apenas oferecer algo, mas sim optar por itens que de fato tenham alguma utilidade e que vão agregar valor para quem ganhá-los.

Pensando justamente nesses pontos, elaborei este conteúdo para que você entenda os principais presentes que podem ser ofertados e como eles vão ser entendidos como interesse. Boa leitura!

Presentes corporativos: até onde podem ser entendidos como interesse?

Jantares como presentes corporativos

Imagine só oferecer a alternativa aos seus colaboradores de poder jantar com um acompanhante em uma ocasião especial? Esse é um tipo de presente corporativo que deve ser considerado pela sua equipe, especialmente porque permite que sua organização feche parcerias com empresas do ramo. 

Entre as vantagens de oferecer esse tipo de presente, pode-se destacar o aumento da produtividade de sua equipe, uma vez que ele será ofertado caso os colaboradores atinjam determinado patamar estabelecido anteriormente.

Além disso, diminui o índice de rotatividade de seus profissionais, algo tão importante a ser destacado, uma vez que, demitir e contratar funcionários é caro, sem mencionar o fato de que há perda de capital intelectual. 

Os jantares ainda podem ser escolhidos pelos seus profissionais na ocasião que acharem mais pertinente, além de terem a chance de levarem alguém que considerem especial, a fim de curtirem aquele momento importante. 

Bebidas

Sua organização costuma proporcionar reuniões mensais em que há a apresentação de resultados para toda a equipe? Caso não, esse é o momento ideal para ofertar presentes corporativos, como bebidas, para aquelas pessoas que mais se destacaram nos últimos 30 dias.

O que muita gente me pergunta em relação a esse assunto é sobre como definir quem é o merecedor dessa conquista.

Nesses casos, sempre indico estabelecer metas e objetivos bem alinhados entre toda a equipe. Assim, a análise fica mais objetiva, fazendo com que os gestores de sua empresa sejam mais criteriosos e justos nessa definição. 

Dessa forma, nas reuniões mensais, ofereça bebidas, de acordo com o gosto de cada colaborador, para aqueles que mais alcançaram a sua meta, que trouxeram resultados atrativos para a organização e que, de alguma forma, estão contribuindo para o crescimento da empresa como um todo. 

Ingressos como presentes

Esse é mais um tipo de presente corporativo que faz com que o colaborador possa desfrutar, ao lado de pessoas queridas, de um evento importante que está ocorrendo na região onde a sua empresa está localizada. 

Aqui, o ideal é entender qual é o perfil de sua empresa e quais são aquelas atrações que mais combinam com os seus profissionais.

De nada adianta ofertar uma entrada gratuita para um evento que não tem nada a ver com o seu colaborador, concorda? Certamente ele não se sentirá engajado a utilizar essa premiação, bem como não será produtivo para alcançar as metas visando esse reconhecimento.

Faça uma pesquisa interna e entenda quais são aquelas ocasiões que mais agradariam aos seus funcionários. A partir disso, entenda quando é o evento mais próximo, defina um orçamento para gastos dessa categoria e estimule seus profissionais a usufruírem de todos os benefícios que essa estratégia proporciona.

Passeios e viagens

Já ouviu falar sobre as viagens de incentivo? Imagine só oferecer a oportunidade para que seus funcionários possam passar alguns dias de folga e, ao mesmo tempo, curtirem um passeio custeado pela sua empresa, que reconheceu os méritos deles? 

Isso estimula qualquer colaborador a caminhar junto com a organização para alcançar os resultados pretendidos, não é verdade? 

Aqui, o indicado é que também tenha um objetivo bem definido e que todos tenham conhecimento dessa meta. Além disso, é preciso que haja uma variável de acordo com cada departamento de seu negócio. A equipe de vendas, por exemplo, não pode ter as mesmas questões já estabelecidas que o seu setor de atendimento.

Algumas métricas podem até mesmo se coincidir, como a produtividade. Mas a principal dica que eu dou é de que elas sejam customizadas de acordo com a função de seu funcionário.

Quais as vantagens disso tudo? A primeira que destaco é que esses eventos podem ser combinados com treinamentos. O destino escolhido pela empresa poderá ser em algum local onde haverá algum congresso que vá agregar conhecimento ao seu colaborador premiado, por exemplo. 

Elas (as vantagens) tendem a estimular o trabalho em equipe, além de poderem ser customizadas. Caso o seu profissional seja fã de algum show que haverá em algum destino, existe a chance de ofertar, ainda, um ingresso para essa entrada. Uma outra dica, se for fã de arte e cultura, pode optar por um destino com muitas opções de museus. 

Agendas

Ao longo de todo o conteúdo, concentrei as minhas dicas em seu público interno. Mas é preciso, também, se preocupar com os presentes corporativos para o seu público externo, de modo que agregue na fidelização do seu consumidor, além de contribuir para fixação de sua marca. 

Nesse sentido, as agendas funcionam muito bem. Em sua capa, você poderá trabalhar a identidade visual de seu negócio, de modo que o seu público terá contato, a cada momento de sua rotina, com a sua imagem. A agenda, além de tudo, é bastante útil, sendo uma oferta que vai agradar a todas as pessoas que se organizam por meio dela.

E então, o que achou dessas dicas sobre presentes corporativos? Esses incentivos, além de todas as vantagens mencionadas, trazem um retorno significativo ao seu negócio. É preciso adotar estratégias que aumentem o engajamento e a produtividade de seus colaboradores, de modo que as metas sejam alcançadas com maior facilidade, melhorando os números do negócio como um todo. 

O trabalho em equipe é outro aspecto essencial para o bom funcionamento da sua empresa. Que tal conhecer quais são os hábitos que garantem a harmonia no local de trabalho? Boa leitura!

Rachel Jordan é especializada em Imagem, Comportamento e Protocolos Internacionais. Instrutora e palestrante, executa um trabalho estratégico e personalizado para empresas e pessoas que desejem melhorar sua imagem pessoal e profissional com o objetivo de se reposicionar na carreira ou se colocar de forma mais adequada nas diferentes situações do cotidiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This