Como lidar com o medo da concorrência? Veja 5 dicas!

Como lidar com o medo da concorrência? Veja 5 dicas!

A competitividade no mercado de trabalho é bastante alta e dentro das empresas não é diferente. Uma boa dose de competição entre colaboradores é até saudável — porém, muitas pessoas ainda encontram dificuldades para enfrentar o medo da concorrência.

É necessário que os gestores saibam medir e direcionar o nível da competitividade entre seus funcionários, pois isso lhes mostrará que todos fazem parte de um mesmo segmento e que cada um tem sua própria força empreendedora.

Quer saber como enfrentar tudo isso com mais segurança? Então continue a leitura deste artigo.

 

Como lidar com o medo da concorrência? Veja 5 dicas!

1. Invista em novos conhecimentos e em suas habilidades

A especialização é fundamental em qualquer carreira, portanto, esteja sempre atualizado sobre sua área e adquira novos conhecimentos. Existem setores que estão em constante mudança — e estar por dentro delas é essencial para seu crescimento profissional.

Esse conhecimento lhe trará mais segurança para trabalhar e enfrentar os problemas que surgirem com mais eficiência, uma vez que você encontrará melhores soluções, além de ser mais produtivo. Consequentemente, se destacará com maior facilidade.

2. Fortaleça seu controle emocional e tenha menos medo da concorrência

Conflitos fazem parte de qualquer ambiente de convívio social, e a competitividade em uma empresa pode exaltar ainda mais os ânimos de todos, gerando muito estresse. Daí a importância de manter o controle emocional, que vai funcionar como uma grande ferramenta no desenvolvimento de sua carreira.

Procure conhecer e entender suas emoções, pois, assim, você aprenderá a lidar melhor com elas e a ser uma pessoa mais estável, empática e até flexível — características essenciais para se dar bem em qualquer tipo de lugar.

3. Fuja de intrigas

Intrigas são uma parte bastante comum em um ambiente competitivo. Infelizmente, muitas pessoas ainda não sabem lidar com o sucesso alheio e acabam até inventando histórias sobre um colega para desmoralizá-lo, mas é muito importante não cair nessa armadilha.

Não busque a companhia de colegas com esse comportamento apenas para se enturmar, seja firme e acredite em seus ideais. No fim das contas, uma reputação sólida tem um grande peso em seu crescimento.

4. Seja ético

Esse é um requisito básico de qualquer funcionário. É preciso entender que a concorrência é formada por outras pessoas como você, que estão buscando o reconhecimento e o sucesso profissional. Todos nós sofremos pressões e o diferencial está em saber lidar com elas.

Ao ter essa percepção, é possível ficar mais aberto a novas oportunidades e, quem sabe, encontrar um grande parceiro de negócios em um concorrente.

5. Cuide do seu visual

Não importa qual seja o ramo de trabalho, seu visual é tudo. Ele funciona como seu cartão de visitas e passa mensagens importantes sobre seu comportamento e sua personalidade. Por isso, independente do dress code de sua empresa, é preciso cuidar de sua imagem e saber se vestir.

Se você está em um ambiente mais informal, isso não significa que deve se vestir com a primeira roupa que achar no armário. Pessoas desleixadas passam uma impressão de falta de profissionalismo — o que seria o efeito contrário do desejado, não é mesmo?

Percebeu como esses detalhes simples podem fazer toda a diferença, ajudando a construir sua autoestima e ter mais segurança em suas ações? Toda mudança exige esforço, mas tenho certeza que essas dicas vão ajudar você a vencer o medo da concorrência para que possa alcançar o tão sonhado sucesso profissional!

Então aproveite a oportunidade, assine a minha newsletter e receba um conteúdo de qualidade para continuar sua jornada de crescimento diretamente em seu e-mail!

Rachel Jordan é especializada em Imagem, Comportamento e Protocolos Internacionais. Instrutora e palestrante, executa um trabalho estratégico e personalizado para empresas e pessoas que desejem melhorar sua imagem pessoal e profissional com o objetivo de se reposicionar na carreira ou se colocar de forma mais adequada nas diferentes situações do cotidiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This